Publicado por: Navegando com o vento | 30 de dezembro de 2010

Santiago – Cabo Verde

A chegada em Santiago foi muito engraçada, chegamos num dia e saímos no outro porque o mar estava completamente agitado, pois havia passado por lá um swell dois dias antes da nossa chegada, descemos para eu conhecer o lugar e visitar um amigo de Daniel (François) que tem uma pizzaria muito boa na cidade.

No dia seguinte, fomos convidados para almoçar na casa do François e quando seguíamos de bote para a terra, nos deparamos com uma barbatana enorme, Daniel viu primeiro e me perguntou: você viu? Eu respondi: viu o que? Mas no momento em que eu perguntava virava o rosto para olhar o que era e também vi o que mais me causou medo na viagem toda: um tubarão. Começamos a remar desesperadamente, nunca fomos tão velozes, campeões olímpicos de remo, todas as crianças da praia correndo sobre as pedras para verem de perto o bicho, enquanto as mulheres e homens gritavam para nos avisar. Chegamos à praia, exaustos…ufa! Realmente um alívio, chegamos a salvos, mas a melhor notícia foi que não era um tubarão, e sim, uma raia enorme, tinha mais ou menos uns 3 metros de comprimento. Acreditem, não tinha como pensar que era uma raia, o desespero nos cegou…..rsrsrsrs.

Drika.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: