Publicado por: Navegando com o vento | 28 de fevereiro de 2013

Ultimos dias em Bequia

Então, antes de ir, Bequia nos reservava uma noite de Steel Pan (espécie de barril de aço cortado onde percutem extraindo os mais diversos sons), encontro com pessoal local inclusive a Mava (autêntica Caraibe – povo original da região que dá nome a ela – dos quais só restas uns poucos sobreviventes no nordeste da ilha de São Vicente) e o amigo “Bunda”, jogador de futebol, doido para conhecer o Brasil, como tantos caribenhos de diversas latitudes com quem nos temos cruzado. Conhecemos uma diplomata brasileira que trabalha na embaixada de São Vicente, com seu marido e simpáticos amigos de Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Também tivemos um encontro especial com uma linda negra dessas com energia para cansar a vários…

Fizemos uma bela caminhada até Friendship Bay, uma baía do outro lado da ilha. E para terminar, passamos a última noite ao som de autêntica música local em de Sailor`s Bar.


Responses

  1. Adorei esse lugar, é sem dúvida o mais bonito que vocês já mostraram,
    e transmite muita paz, e também ao mesmo tempo é muito alegre.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: